Lava Jato DesMOROnando

Rio de Janeiro, 10 de Fevereiro de 2021.

Pai,
o assunto das conversas vazadas, que mostraram a grande farsa que era a Lava Jato continua.
Cada dia aparecem mais coisas que mostram os detalhes dos bastidores da operação!
Não que a gente não soubesse…
Mas a muita gente ainda vivia na ilusão, que essa turminha estava realmente combatendo a corrupção, quando na verdade estavam era criando a própria rede de corrupção, com um fundo bilionário para eles mesmos administrarem.
Tanta sujeira, pai, que nem te conto!
Mentira, vou contar sim…hehehe
Além da grana, conversas comprovaram a participação da CIA e até traição do Marreco de Maringá com a Juíza “Copia e cola”.
Tipo uma Sodoma e Gomorra.
Agora que tudo está sendo jogado no ventilador e mostrando quem é esse pessoal, resolveram tentar impedir que as provas fossem usadas para provar a inocência do Lula.
A quadrilha da Lava jato está esperneando, dizendo que uma prova obtida de forma ilegal não poderia ser usada.
Mas o código penal diz que pode sim, contanto que seja para provar a inocência do Réu.
Só não pode para ser usada como prova de acusação.
O STF decidiu finalmente seguir a Constituição e permitiu o uso das provas (finalmente apareceu alguma prova neste processo).
O engraçado disso tudo é que se as tais “10 medidas contra a corrupção” que essa gente fez tanta propaganda, tivesse sido aprovada, essas provas poderiam sim ser usadas contra eles e botariam toda a força tarefa da Lava Jato na cadeia.
Devem estar felizes agora, por não terem conseguido aprovar a lei.
Um beijo do seu filho,
Ivan

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s