O Corrupto do Ano

Rio de Janeiro, 30 de Dezembro de 2020.

Pai,
Tá acabando o ano!
Nós já estamos acabados, mas 2020 ainda tem um dia pela frente, sabe-se lá do que ele é capaz, né?
Nem quis ver a retrospectiva deste ano, que está mais pra uma página de obituário do jornal do que pra uma retrospectiva.
Eu definiria 2020 em duas palavras:
-“Estupro Culposo”
Alguns amigos seus se foram por causa da pandemia.
Aldir Blanc, Daniel Azulay, Flavio Migliaccio, Jesus Chediak…
2021 vem aí com promessa de vacina, mas só se o governo conseguir comprar as seringas.
O expert em logística conseguiu, somente esta semana comprar 2,4% das seringas necessárias.
Sabe como é né, só tiveram um ano inteiro pra programar isso.
É muito pouco tempo!
Em compensação, aquele remédio que não tem efeito algum pra COVID, tem estoque pra 10 anos, mas vão se estragar antes disso. Dinheiro jogado fora!
Tudo produzido sem autorização prévia e sem licitação.
Isso não é crime, pai?
O que será que está por trás disso?
A única notícia boa, é que o presidente acaba de ganhar um prêmio internacional!
Foi eleito “O Corrupto do Ano”!!!
Chique né?
Chupa Venezuela!
Um beijo do seu filho,
Ivan

2 comentários em “O Corrupto do Ano

  1. Como sempre mais um texto super interessante, atual e revelador das mazelas e angústias da nossa nova normal vida dos dias de hoje.
    Só faria uma pequena correção: não é um estupro culposo. É estupro doloso mesmo.
    Abcs
    Marcos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s