Racismo À Brasileira








Rio de Janeiro, 24 de Novembro de 2020.

Pai,
O racismo no Brasil continua proibido!
Mas não é proibido ser racista não!
Só é proibido dizer que existe racismo.
Resgatando o mesmo discurso que você cansou de ouvir durante a Ditadura Militar, este governo não tem vergonha nenhuma de dizer que racismo no Brasil não existe.
Continuam repetindo a mesma mentira, tentando, assim como os Nazistas, transformá-la em verdade!
Policiais em serviço, ou fazendo bico de segurança, continuam mostrando quem é que manda!
São xingados, humilhados, por brancos sem mover um dedo contra eles.
Mas matam pretos asfixiados em supermercado.
Chutam e dão socos em mulher preta, grávida e algemada dentro da delegacia.
Mas para o presidente e seu vice, isso não existe!
Ah! Desde as últimas eleições, eu reparei que todos os casos tem uma coisa em comum:
os agressores e assassinos, todos eles, são apoiadores do atual presidente!
Pra essas pessoas, quebrar um vidro é tão revoltante quanto matar.
Quebrar alguma coisa é motivo suficiente pra matar alguém, mas matar alguém não é motivo suficiente pra quebrar alguma coisa!
As vidas dos pretos brasileiros continuam valendo menos que um pedaço de vidro.
Esta é a Barbárie Oficial avalizada pelo atual governo!
Todo dia são 80 tiros diferentes, que vem cada vez de um lado, mas sempre vão na mesma direção.
Nada mudou ainda, pai!
Um beijo do seu filho,
Ivan

2 comentários em “Racismo À Brasileira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s